Criada primeira rede europeia de Instituições de Ensino Superior privadas

Inspiring Future
7 Dezembro 2017

A rede que junta associações de quatro países foi criada no final de setembro mas só agora chegam noticias da assinatura de um acordo que procura a colaboração e cooperação entre IES privadas. Como signatários estão a APESP (Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado), a Asociación Española de Escuelas de Negocios, a francesa UGEI (Union dess Grandes Ecoles Indépendantes), a alemã Verband der privaten hochschulen.

O acordo foi assinado em Paris e "tem por objectivo tornar o acesso ao ensino superior mais democrático, permitindo a satisfação de uma procura cada vez mais forte por programas de ensino superior nos Estados europeus", como refere o site Universia.

Com uma série de objetivos em mente, esta nova rede europeia de Instituições de Ensino Superior privado procura garantir educação e formação de alta qualidade e excelência académica; promover o formação profissional e dos chamados “cursos de sanduiche”; adaptar os programas aos desafios europeus, do presente e do futuro; formar cidadãos europeus responsáveis e conscientes das exigências de uma economia sustentável; contribuir para o desenvolvimento de regiões emergentes e antecipar mudanças no mercado de emprego; contribuir para o impulso dinâmico da Área Europeia de Ensino Superior.


DEIXA UM COMENTÁRIO

Tens alguma dúvida?
Vamos ajudar-te a esclarecê-la!