Amizades positivas e reais: um benefício para a nossa realização

Redatora com Futuro
4 Outubro 2018

É verdade, as aulas já começaram e com isto toda uma bagagem de responsabilidades e afazeres vêm com elas… por isso, este artigo pode ser uma grande ajuda. Sabias que o tempo que podes estar a gastar com pessoas erradas pode influenciar em muito a tua saúde ou até mesmo a tua felicidade?

Enquanto muitos de nós dedica parte do seu tempo a fazer exercício físico ou dietas de forma a ter uma saúde melhor a ciência sugere que o nosso bem-estar também passa pela convivência que temos com os outros. Um grupo de cientistas descobriu que certos comportamentos de saúde podem ser contagiosos e que as nossas redes sociais – na vida real/pessoalmente e online - podem influenciar diversos problemas de saúde como a obesidade, a ansiedade e a felicidade em geral. Um relatório recente admite que a rotina de exercícios de uma pessoa acaba por ser fortemente influenciada por toda a sua rede social.

Dan Buettner, pesquisador e autor da National Geographic, estudou os hábitos de saúde das pessoas que vivem nas chamadas zonas azuis - regiões do mundo onde as pessoas vivem muito mais do que a média. Este observou que amizades positivas são um tema comum nestas zonas azuis.
"Os amigos podem exercer uma influência mensurável e contínua nos nossos comportamentos de saúde de uma forma que uma dieta nunca pôde", disse Buettner.

Em Okinawa, no Japão, num lugar onde a esperança média de vida das mulheres é de cerca de 90 anos, as pessoas formam uma espécie de rede social chamada “moai” - um grupo de cinco amigos que oferecem serviços sociais, logísticos, emocionais e até financeiros.  Num “moai”, o grupo beneficia-se quando as coisas correm bem, por exemplo, ao partilhar uma colheita abundante, e as famílias do grupo acabam por se apoiar quando uma criança adoece ou morre. A chave para construir um “moai” de sucesso é começar com pessoas que tenham interesses, paixões e valores semelhantes. 

"Para mim a coisa mais poderosa que se pode fazer para acrescentar anos saudáveis é curar a nossa rede social", afirmou Buettner, que aconselha as pessoas a concentrarem-se em três a cinco amigos do mundo real em vez de amigos distantes no Facebook. "Em geral, queremos amigos com quem possamos ter uma conversa significativa", disse. “Alguém a quem possamos ligar num dia mau e eles vão-se importar.

Com esta nova etapa da vida, que é o Regresso às Aulas, acaba por se tornar bastante importante estarmos junto de pessoas que nos passam boas energias, que nos ajudam a tornar melhor pessoas e a termos melhores resultados em tudo o que desejamos. Pessoas tóxicas acabam por atrapalhar todos os objetivos que queremos alcançar, por isso, torna-se importante estarmos junto de pessoas de quem gostamos e que nos ajudam a tornar melhores a cada dia que passa. Cria o teu próprio “moai” e verás que, dai em diante, a tua saúde e, mesmo a tua vida, tornar-se-ão muito mais saudáveis.

Baseado em: The Power of Positive People


DEIXA UM COMENTÁRIO