Primeiras apresentações orais? Usa a tua melhor cara!

Editor Inspiring Future
28 Setembro 2018

Mas, mas... como assim a minha melhor cara? Não é sempre a mesma?
Bem; já estamos a começar mal. Primeiro, a tua cultura pop de séries televisivas é um bocado fraca para estares a fazer essa pergunta - todos sabemos da existência do deus das muitas caras, da Guerra dos Tronos. Segundo, espero que tenhas percebido esta referência, porque ainda tentei pensar noutra com La Casa de Papel (spoiler alert: eles ficam com o dinheiro mas morrem três bandidos) mas não encontrei nada de jeito. Adiante.

Especialmente no início do ano é importante fazeres uma boa impressão. Estas são originadas por vários factores, desde saber estar, falar, ter conhecimento da matéria. Depois há outros factores extra curriculares que podem contribuir para uma confiança extra, como a tua imagem. Ela deve estar adaptada ao contexto em que te inseres - e terás de ser tu a descobrir isso. Ainda assim, a verdade é que em sociedade há algumas convenções a que estamos habituados. Esses hábitos muitas vezes podem e devem ser quebrados em nome da diversidade.

Já aqui te falámos nos truques para combater o nervosismo que toma conta do corpo de muitos finalistas durante as apresentações. Mas há outras coisas que tomam conta do teu corpo, como, as borbulhas! Fazermos uma apresentação perante toda a turma com aquele pus quase a sair não dá confiança nenhuma. O que não queremos é que factores extra escola abalem o teu espírito confiançudo e, por conseguinte, te compliquem a vida, como neste exemplo:

Depois já viste o que seria este tipo de conversas:
- Então, o Orlando não entrou em Condução de Manadas? 
- Epa, faltava-lhe uma décima... aquela apresentação a português em que parecia um Ferrero Rocher correu-lhe muito mal. Foi a exame com nove e tudo...
- Coitado... bem, vamos ver La Casa de Papel?
- Esquece, li num sítio qualquer que eles ficam com o dinheiro mas morrem três gajos.

Moral da história: Não sejas Orlando! Vai para as tuas apresentações orais com segurança no conhecimento e confiançudo na imagem! Estuda a teoria e trata do físico!

Artigo powered by:


DEIXA UM COMENTÁRIO